Blog

Como mudar de vida

Mudanças…

Afinal para que servem? Como podem ser mais suaves? Como podemos dar o primeiro passo?

Segundo consta (dizem estudos, cientistas e pessoas importantes) o corpo humano tem aproximadamente 70% de água. 

Ora, a água estagnada estraga-se. Fica podre. 

Se o ser humano tem tanta água dentro de si…o que acontece se ficar parado? 

Decidi escrever este texto porque adoro mudanças? Nop. A minha alma resiste imenso à mudança. Eu sou maluca e vou na mesma. No entanto, sou um bocado bruta e o meu corpo se ressente de todas as vezes que faço uma mudança gigante.

Mudanças…

Houve alturas na vida em que quis (muito!) ser como todos os outros. 

Quanto trabalhava na Multinacional olhava para pessoas com 25 anos na empresa e pensava “porque não me chega algo assim? Seria tão mais fácil”. 

Seria mais fácil fazer o mesmo que todos os outros? Claro. 

Contentar-me com um casamento morno em que era mais a Cláudia dele do que a Cláudia minha? Sem dúvida. 

Não seria, de todo, mais fácil, ser como todos os outros e ouvir a voz que me diz “não estás tão mal assim”? Oh 1000 vezes sim. 

Infelizmente o mais fácil também era o que me fazia mais infeliz. 

Mudanças…

Em 2014, com 29 anos, divorciei-me, depois de uma relação de 11 anos (vivi sozinha enquanto pagava casa, carro e terminava a faculdade).

Talvez possa dizer que 2016 foi O ano. Sentei-me em frente a um psicólogo e disse “preciso perdoar o meu pai” (nesta busca por mim própria mudei a cor de cabelo umas 6 vezes).

Chegados a 2018 procurei uma Coach e disse-lhe “preciso encontrar o meu propósito de vida” (percebi que o sabia há muito, só não queria ver).

Se calhar 2019 é que foi O ano. Despedi-me da empresa que foi a minha casa por 11 anos. (mudei de casa, de cidade, de trabalho). 

Em 2021 tornei-me empreendedora. 

Mudanças…

Em todas elas dei saltos quânticos. Todas elas doeram como o raio. Saí mais forte, empoderada. 

O melhor de tudo? Todas elas me tornaram tremendamente mais FELIZ. Com uma vida mais simples, mais próxima do que a minha alma realmente me pedia. 

Não estou com isto a dizer “Bora! Vamos todos mudar de vida. Deixar o trabalho e viver do ar”. Nem tão pouco “Porreiro, vamos todos divorciar-nos”. Nah ahh. Estou com isto a dizer que te deves ouvir. Que não deves ter medo de fazer mudanças na tua vida se sentes que precisas delas. E, sem dúvida, que não te limites com o medo e sim que sigas apesar do medo. 

Ouvi uma frase que me faz todo o sentido “Quando tens medo é porque estás no caminho certo”

E a coragem não é a ausência do medo mas isso é uma história para um outro dia…

Dar o primeiro passo, fazer a primeira mudança gigante vai sempre, ser, o menos fácil. Vai também ser o mais libertador, o mais empoderador, o que te vai tornar em quem tu realmente nasceste para ser.

Ninguém o pode fazer por ti. No entanto, podes fazê-lo acompanhada. Vamos juntas?

Mudanças…

Um beijinho cheio de sol, 

Cláudia

Quizz gratuito

Como está o meu Amor Próprio?